jazzportugal.ua.pt
HOME CONTACTOS BUSCA SUBSCRIÇÃO
 
agenda
media
escritos e entrevistas
músicos
jazzlinks
  escritos  ::  entrevistas  ::  trabalhos alunos UA  ::  e mail e fax  ::  riff  ::  Jazz de A a ZZ

escritos e entrevistas > trabalhos de alunos UA> ver trabalho
Charlie Parker
19-06-2006
 

A única criança de Charles e Addie Parker, Charlie Parker era um dos saxofonistas e músicos mais importantes e um dos mais influentes do jazz dos anos 40.
Quando Parker era ainda uma criança, sua família foi para Kansas City, Missouri, onde o jazz, os blues e a música do gospel estavam a crescer rapidamente. Quando tinha 15 anos, mostrou um interesse grande na música e um amor pelo saxophone alto.

De 1935 a 1939, Parker trabalhou no Kansas City com diversos músicos e bandas nos bares locais de jazz e de blues onde desenvolveu a sua arte. Em 1939, Parker visitou New York pela primeira vez, e permaneceu quase um ano como músico profissional, onde participava frequentemente em jam sessions.

A atmosfera de New York influenciou extremamente o estilo musical de Parker. Em 1938, Parker juntou-se à banda de Jay McShann, com quem andou por todo o sudoeste, Chicago e New York. Um ano mais tarde, Parker viajou a Chicago e foi um saxofonista permanente num clube na 55th rua.

Em New York, Parker não teve uma vida fácil, fazendo um pouco de tudo, inclusive lavando pratos unicamente para poder sobreviver. Pouco depois, Parker voltou a Kansas City para assistir ao funeral de seu pai. Em 1940, Parker fez sua primeira gravação com a orchestra de McShann.

Durante os quatro anos que Parker tocou com McShann, teve a oportunidade de tocar em diversas de suas gravações, tais como blues de Hootie, jump de Sepian, e os 1941 Confessing blues. Em 1942, em tournée com McShann, Parker tocou em jam's em Monroe e em Playhouse de Minton em Harlem.  Foi lá que conheceu e chamou a atenção de artistas up-and-coming do jazz como Dizzie Gillespie e Monk Dizzy de Thelonious. Um ano mais tarde, Parker separou-se de McShann e juntou-se a Earl Hines, mas apenas durante oito meses.

O ano de 1945 viria a ser extremamente importante para Parker. Durante esse tempo liderou o seu próprio grupo em New York e trabalhou também com o Gillespie em diversos ensembles.

ver trabalho completo (ficheiro PDF)

 

José Eduardo Gomes
 
  Escritos e entrevistas  
 
   
Clubes  
Cascais Jazz Club
 
   
Festivais  
 
   
Universidade de Aveiro
© 2006 UA | Desenvolvido por CEMED
 VEJA TAMBÉM... 
 José Duarte - Dados Biográficos